Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Roma... criminalidade... bandidagem... e dois grandes parvos!!!

segurança roma.jpg

 

Já passava bastante das 15h quando o autocarro da TERRAVISION parou finalmente junto à estação de Termini. Estávamos na Via Giovanni Giolitti, a mesma rua onde ficava o nosso Hotel sendo facílimo de encontrar após uma caminhada de 700 ou 800 metros.

Pesquisamos muito em relação à melhor zona para ficarmos hospedados e numa das várias abordagens que fizemos a agências de viagens antes de nos decidirmos pela IN, um agente de uma “grande” agência deu-nos um conselho que nos ficou na memória e que acabou por nos condicionar mentalmente naquele momento da chegada:

 

“Tenham cuidado. Nunca escolham hotéis perto das grandes estações de comboio nas cidades Europeias, principalmente se forem estações antigas. São por norma locais degradados e de grande insegurança!”

 

Essa frase proferida por esse agente de viagens entoou na nossa cabeça durante as primeiras 24 horas em Roma!

É verdade que a Multiculturalidade existente na zona de Termini é imensa, tornando-se difícil por vezes de identificar um Italiano.

A Via Giolitti, principalmente nas proximidades à entrada da estação de Termini, é inundada por vendedores ambulantes e pequenas lojas de Souvenirs Romanos, produzidos algures pela Ásia.

Esta Multiculturalidade acarta consigo variadíssimas particularidades de cada cultura, que se acentuam quando existe um aglomerado de indivíduos que as partilham. E neste ponto... começa uma das inúmeras aprendizagens que as viagens têm para nos oferecer, que é a capacidade e necessidade de conviver e respeitar a multiculturalidade.

Naquelas primeiras 24 horas aquele preconceito que no tinha sido transmitido não nos saía da cabeça… Estávamos sempre alerta a pensar que poderíamos ser assaltados. Mas.. Quantas vezes fomos abordados em tom de ameaça?? Nenhuma!! Quantas vezes fomos mal tratados pelas pessoas quando nós, por alguma necessidade, nos dirigimos a elas?? Nenhuma também!!!

Atravessámos a zona de Termini diariamente… muitas vezes a horas tardias… cruzámo-nos com pessoas sem abrigo… com pessoas de aparência pobre… com muita gente que nitidamente aparentava não viver o melhor momento da sua vida! Isto claro na mesma zona onde em simultâneo convivíamos com toda a multiculturalidade que já referimos.

Agora olhando para trás… se escolhíamos o mesmo Hotel? Claro que sim!

Sim… vivíamos tudo de novo sem mudar nada! Não tem preço o que as viagens nos ensinam…

Se respeitarmos a cultura do individuo, as suas crenças…se respeitarmos o pobre da mesma forma que respeitamos o rico estamos a meio caminho de sermos respeitados por todos!

Foi assim que sobrevivemos com muito gosto e de coração cheio a uma experiência que nos foi recomendada “Não Ter”!!

 

Segurança nas ruas de Roma

 

Ao divagar pelas ruas de Roma é fácil identificar a presença das forças policiais e militares Italianas. Desde a Polizia Municipale, Polizia di Stato, Carabinieris e até o Exército… estão mesmo por todo o lado!

Nas zonas de maior afluência turística o exército faz inclusive barreiras nas estradas, com as suas próprias viaturas, mantendo-se apeados e fortemente armados a fim de dissuadir e evitar qualquer tentativa de ataque que possa ser pensado sobre as multidões que circundam diariamente os pontos de maior interesse em Roma.

Não esquecer: os grandes pontos de interesse não podem ser visitados sem antes termos de passar por uma barreira policial e por uma revista com RX. Existem equipamentos destes em todos os monumentos e, salvo raras excepções, esta revista pode tornar-se demorada, gerando uma pequena fila... A entrada tornar-se-ia mais rápida se um de nós não fosse um fanático da Segurança que quando chega ao RX tem de tirar bolsas e bolsinhas ocultas que carregam dinheiro e documentos!

 

Roma é uma cidade mágica, que deve ser vivida e aproveitada desde o primeiro ao último segundo!! Problemas de segurança existem em todo o lado: assaltos e burlas, (entre outros) são problemas que vão sempre permanecer onde existirem turistas. Mas com toda a certeza, Roma é uma cidade que consegue minimizar esses problemas em grande parte, tornando a sua visita numa viagem segura e inesquecível.

E já agora... A zona que o funcionário da agência de viagens nos indicou para ficarmos é linda (Trastevere)! Mas nós não a escolheríamos para pernoitar uma vez que fica distante da maior parte dos pontos de interesse e os transportes não são muitos por lá

 

Não se esqueçam… Nunca deixem de viver!!

publicado às 10:53

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre nós

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub