Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O nosso Roteiro pela Covilhã, Guarda e Castelo Branco

Há mais de dois anos que não tínhamos férias a dois e por isso decidimos tirar 3 dias para namorar e passear pelo Norte do País que tanto adoramos, e que tanta coisa bonita tem para nos oferecer.

O destino escolhido foi a Covilhã e a partir dali visitaríamos cidades, vilas raianas e aldeias das Beiras.

Dia 1:

Explorar as ruas da Covilhã

1.jpg2.jpg

Não conhecíamos a cidade e por isso... nada melhor que estacionar o carro e explorar as suas ruas e recantos!

A arte que se descobre pelas ruas e vielas da cidade faz valer a caminhada.

 

 

Igreja de Santa Maria - Covilhã3.jpg

Um dos pontos que queríamos visitar na cidade da Covilhã era a Igreja de Santa Maria. Tínhamos visto em fotografias que estava forrada a azulejo e queríamos ver ao vivo esta fachada. Após uma breve pesquisa percebemos que a igreja foi edificada no século XIX e a fachada revestida, em 1940, de azulejo com cenas da vida da Virgem. É sem duvida um sitio a não perder para aqueles que, tal como nós, gostam de conhecer a história dos locais de culto.

 

Serra da Estrela e Torre

Já tínhamos estado na Serra da Estrela várias vezes, mas… quem resiste a tanta beleza?

Agora a sério… o que nos levou a subir à Torre com a temperatura de 1º foram mesmo os enchidos e os queijinhos do Centro Comercial da Serra 

Já provaram? São deliciosos e existe muita variedade! Nós trouxemos Paio e Regueifa de Cenoura e Abóbora. 

Todos os comerciantes são simpáticos e oferecem-vos os seus produtos para que possam escolher o que mais gostarem.

 

Nossa Senhora da Boa Estrela

Na subida, (ou na descida, como preferirem), não deixem de parar para ver a Escultura da Senhora da Boa Estrela. Apreciem o trabalho esculpido na pedra e a paisagem que vos rodeia.

É fantástico!

 

Dia 2

Castelo de Sortelha

Conhecem Óbidos? A subida para o Castelo de Sortelha faz-nos lembrar Óbidos. Tudo muito pitoresco, revestido a pedra e com um encanto que nos faz querer viver numa daquelas casinhas.

Subam às muralhas de Castelo de Sortelha e apreciem a envolvência. Cuidado! Há zonas que não são muradas e é precisa atenção redobrada ao sítio onde se mete os pés.

4.jpg6.jpg5.jpg

Paisagens

Gostam de passar tempo ao ar livre?

Pelo caminho vão parando onde puderem e apreciem a zona envolvente. Umas zonas com mais vegetação, outras mais rochosas… Em alguns locais parece que estamos numa planície, e um bocadinho mais à frente voltamos a dar por nós  rodeados de montanha rochosa.

Para quem gosta de Trail, há trilhos na zona que valem a pena explorar.

7.jpg

 

Castelo do Sabugal

Conhecem a mítica frase “São Rosas Senhor, são Rosas”? Diz a Lenda que foi no Largo do Castelo do Sabugal que ocorreu o Milagre das Rosas.

Faremos um outro post exclusivamente sobre o Castelo e o Milagre.

Se passarem na zona, não deixem de subir à Vila do Sabugal e visitar o Castelo, tem um custo de 2€ que também permite a entrada no Museu.

 

Praia Fluvial do Sabugal8.jpg

Antes de sairmos da Cidade, passámos na Praia Fluvial do Sabugal. Um sítio agradável para descansar, fazer um piquenique, trazer as crianças a brincar e até refrescar-se no rio Côa.

 

Sé da Guarda

Continuando a nossa viagem, fizemos a última paragem do dia na Guarda e nada melhor para conhecer a cidade do que começar pela Sé. Um edifício imponente, enorme e de uma beleza extraordinária.

A entrada na Sé tem o custo de 1,50€ podendo ser adquirido outro bilhete que permite o acesso aos terraços da Sé… se o clima assim o deixar!

10.jpg19.jpg9.jpg

Igreja da Misericórdia - Guarda11.jpg

A proximidade da Igreja da Misericórdia à Sé da Guarda permite que possamos ir a pé de um local ao outro.

Bastante mais modesta que a Sé, a Igreja da Misericórdia é a obra barroca mais importante da cidade e impressiona pelo contraste do branco com a pedra que a reveste.

Ao entrar na igreja, podemos observar placas de homenagem aos fieis que ao longo dos tempos fizeram grandes doações à Misericórdia, potenciando assim o seu desenvolvimento.

 

20.jpgTorre dos Ferreiros - Guarda

A Torre dos Ferreiros é outro ponto de interesse na Cidade da Guarda. Foi mandada contruir pelo Rei D. Dinis no século XIII e servia para defesa e proteção da cidade.

Hoje em dia é entrada para um dos Miradouros com vista de 360º sobre a cidade. Pode-se ainda avistar a Serra da Estrela e a Serra de Béjar (Espanha).

 

5 F’s

Uma curiosidade… Conhece os 5 F’s que representam a Cidade da Guarda, a cidade mais alta de Portugal?

  • Forte,17.jpg
  • Fiel,
  • Formosa,
  • Farta,
  • Fria

 

Dia 3

Aldeia do Bispo

Fizemos uma paragem na Aldeia do bispo para tomar o pequeno-almoço. Porque escolhemos esta aldeia? Não tínhamos nenhuma razão especial. Queríamos parar numa aldeia raiana, e contactar com os habitantes locais antes de continuarmos para Espanha.

É uma aldeia típica como tantas outras aldeias do interior do nosso país. Apreciem a calma, a tranquilidade que por lá se vive, e sintam o contraste com as cidades e vilas onde grande parte de nós reside.

 

Moraleja - Espanha

Fomos avançando em direção a Espanha sem destino definido. Chegamos a Moraleja perto da hora de almoço e decidimos parar para almoçar. Compramos umas coisas num supermercado local e fomos fazer um piquenique junto a uma quinta que tinha animais a pastar junto à estrada. Que tranquilidade.

14.jpg13.jpg

 

Jardim do Paço Episcopal - Castelo Branco

Sendo o nosso último dia, de regresso a casa paramos em Castelo Branco. Paragem obrigatória para visitar o Jardim do Paço Episcopal. Tinham-nos falado na beleza deste Jardim e agora falamos nós dela a quem nos lê. Este jardim é composto por diversos patamares , cada um com os seus encantos, é lindo! Desde os Lagos, à Escadaria dos Reis, às Esculturas, aos Murais de Azulejo... é um sitio a não perder!

Passeando pelo jardim conseguimos imaginar reis e rainhas a desfrutar da beleza do espaço. Não deixem de visitar, a entrada tem o custo de 2€ por pessoa.

21.jpg22.jpg23.jpg

Sé Catedral de Castelo Branco24.jpg

A Igreja de S. Miguel, mais conhecida por Sé Catedral de Castelo Branco é mais um ponto obrigatório para quem visita a cidade. Bonita e sem ornamentos na fachada, tem entrada livre a quem a quiser visitar.

 

Se já visitaram algum destes espaços, partilhem connosco a vossa opinião sobre os mesmos.

Se ainda não visitaram, de que estão à espera?? E não se esqueçam de partilhar connosco fotografias e videos da vossa experiência.

 

 

publicado às 16:34

Mais sobre nós

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub